Cornucópia




CORNUCÓPIA* de CONCEITOS,
IDÉIAS E POSICIONAMENTOS.
Cornucópia - Pintura em porcelana
foto - jardim
Um escritor chinês contou uma história a respeito de um jardim abandonado.
Alguns passantes paravam, olhavam e suspiravam com a visão triste da situação de abandono. Alguém começou a dizer que "não podemos permitir que esse jardim continue permanentemente abandonado". Um outro disse "é preciso haver um plano para sua salvação". Um terceiro arriscou que "devemos tomar providências agora mesmo".
Os pássaros e os grilos ficaram excitados e ouviram com muita atenção e expectativa. A primeira pessoa propôs um plano para plantar flores de todas as variedades. A segunda acreditava que o ponto inicial deveria ser a construção de fontes e a colocação de pedras bem moldadas. A terceira desejava enfatizar os recursos de lazer no jardim. O dia todo debateram e discutiram, descansaram e continuaram. À noite foram embora e o jardim continuou abandonado.
foto - jardim2

Na Cornucópia de Conceitos, Idéias e Posicionamentos, do Centro de Referências FASTER, você encontrará muitas matérias que reforçarão seus ideais e seu modo de ver o mundo das pessoas com deficiência e tudo o que gravita positivamente ao seu redor. Encontrará também matérias divergentes que poderão deixar você numa dúvida muito forte quanto a esses mesmos ideais. Nada podemos fazer quanto a esses contrastes. Você há de convir que vivemos numa sociedade democrática, na qual todos nós temos o direito de expressar nossas opiniões.

No entanto, nunca minimize a importância de seu posicionamento pessoal, quando você tiver dúvidas ou quando discordar. É importante que você introjete a necessidade de você participar ativamente, estudando e deixando claros seus conceitos, suas idéias e seus posicionamentos e divulgando-os para que todos deles tomem conhecimento.

E a Internet aí está para tornar isso possível.

Se, apesar de estar vivendo na grande e veloz correnteza que nos cerca e que acaba condicionando a vida pessoal e profissional de todos nós, você notar ao seu redor linhas equivocadas de formulação, de atuação, de princípios enganosos quanto ao ser humano diferente, de sistemas de atendimento definidos com imprecisão, de exageros para mais ou para menos, de uso inadequado das pessoas com deficiência em benefício próprio, use de seu direito e... "escreva"!
Você se sentirá muito melhor, pode crer.

Siga o princípio subliminar expresso pelos Beatles na linda canção "Hey, Jude": "Take a sad song and make it better" (Tome uma canção triste e melhore-a!) Ou seja, não fique imobilizado, sentindo-se vítima das circunstâncias e dos mais fortes!
Não é necessário escrever um livro!
Comece por um artigo - apenas um artigo, onde você deve colocar seus pontos de vista sobre as questões que o preocupam. As palavras faladas voam... as escritas permanecem.

E preste atenção no fato de que este setor do Centro de Referências FASTER estará sempre crescendo, abundante como a Cornucópia da lenda grega, retratando uma fartura sem fim. E um dia, não muito distante - assim esperamos - um trabalho seu nele estará inserido. Sinta-se convidado. Mande-nos um e-mail e anexe suas idéias.

partitura
foto teclado


Boa sorte!
Lembre-se dos Beatles e cantarole com eles:

Hey, Jude, don´t make it bad.
Take a sad song and make it better!...


Lista das matérias inseridas nesta página

As Condições Marginalizantes
- Otto Marques da Silva

Deficiência Visual e Ensino Superior
- Os Desafios do Aluno

- Suely C. S. Yañez

Posição de Status Inferior
- Dra. Beatrice Wright
Acessibilidade? ... A Lei Garante
-Dr. Geraldo Nogueira
Dificuldades reais à inclusão do
cego na realidade de São Paulo

- Ivete De Masi
Princípios Básicos da Reabilitação
- Otto Marques da Silva
A “Lei de Cotas ”
e sua Complexidade

- Mara Di Maio
Discriminação e Inclusão
- Eliana O. P. Victor
Questão da Auto-Imagem
- Dr. Ciro Mais
Alterações Estatutárias Impostas
pelo Novo Código Civil

- Dr. Geraldo Nogueira
Diversidade e Deficiência
no Novo Milênio

- Dr. Geraldo Nogueira
Reabilitação
- Ivete De Masi
A Música como um Recurso
no Atendimento de Reabilitação

- Suely C.S. Yañez
Emprego Apoiado - Alternativa de
Trabalho- A Posição Lógica

- Otto Marques da Silva
Reabilitação Bio-Psico-Social
- Suely C.S. Yañez
A Pessoa com Deficiência no
Mercado de Trabalho

- Marcelo Vitoriano e Flávio Gonzalez
Emprego Apoiado
- Uma Alternativa Viável

- Morélia Flores
Seu Filho Merece a Oportunidade
de Fracassar

- Darrel Christenson
Atendimento de Jovens e Adultos
face à Vida de Trabalho
- Otto Marques da Silva
Global Compact - Posicionamento
Internacion
al
- Otto Marques da Silva
Sexualidade no Trabalho
- Mara Di Maio
A Única Saída é o Conhecimento
- Mara Di Maio
Inclusão e Cooperação Universal
- Rosângela B. Bieler
Sociedade para Todos
(OIT, UNESCO, UNICEF e OMS)

- Manifesto
Blindekuh - Um Restaurante
às Escuras
- Otto Marques da Silva
Inclusão Social: Muita Teoria
e Pouca Prática !!!

- Mara Di Maio
Trabalho, Mudança,
Cultura e Fiscalização

- Dr. Geraldo Nogueira
Classificação Internacional sobre Funcionalidade, Deficiências e
Saúde - OMS e sua Importância
p/ Programas de Reabilitação

- Otto Marques da Silva
O Uso de Certas Palavras
- Dra. Beatrice Wright
Uma Metáfora Perfeita
- Diogo Mainardi
Cotas?... Onde Estão?
- Dr. Geraldo Nogueira
Pictogramas
- Otto Marques da Silva
Um Caminho de Pedras Coloridas
- Dr.Geraldo Nogueira
Deficiência Invisível
- Laura Fernández
 

ACESSE, LEIA, COMENTE!
falecomfaster@uol.com.br



(*) - A palavra é originária do latim (cornu copiae = chifre da abundância). Trata-se de um símbolo relacionado à fartura da alimentação e à abundância em geral. Na mitologia grega consta que Almatéia (ninfa do Olimpo) alimentou Zeus com leite de cabra. Em toca desse favor, Zeus ofertou-lhe um chifre desse animal, que tinha o poder de dar à pessoa que o possuísse tudo o que quisesse. Deidades da mitologia grega – especialmente a deusa Fortuna - eram por vezes representadas com o chifre repleto de bens.

voltar para a página de apresentação...ir para o topo da página